Informe sobre o Conselho de Representantes

Cineclubistas

A diretoria do Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros (CNC) relembra e reforça a convocação do processo eleitoral para composição do Conselho de Representantes conforme o Estatuto do CNC, artigos 20 a 22.

Todos os estados que têm pelo menos quatro (4) cineclubes filiados ao CNC – mesmo sem federação, associação ou entidade equivalente – poderão eleger seus conselheiros. Na falta deste número no estado, o estatuto permite encontros e eleição por base territorial, regiões, estados próximos, com afinidades e ou identidades culturais.

No mesmo movimento de encontro e debate, a direção sugere que os encontros problematizem e apontem questões acerca da sustentabilidade (autosustentabilidade) de nossas ações, que, tributárias de auxílio governamental, acabam sendo ditadas pelo calendário de liberação de recursos (caso do adiamento da Pré-Jornada Nacional de Cineclubes adiada de 2011 para 2012).

O prazo final para os encontros e encaminhamentos formais à direção do CNC encerra em 22 de abril de 2012, sendo aptos a votar e serem votados os cineclubes filiados e em dia com suas anuidades junto à tesouraria do CNC.

Em nosso estatuto, em seu artigo 20, fica definido o papel e a estrutura do Conselho de Representantes:

Título 2º – Do Conselho de Representantes

Artigo 20 – O Conselho de Representantes, que terá um papel de caráter deliberativo, consultivo, fiscalizador e articulador, será formado por um representante de Estado ou base territorial, conforme previsto no art. 2o, indicados juntamente com seus suplentes, na proporção de um representante para cada 10 (dez) cineclubes ou fração acima de 3 (três), presentes em Assembléia Regional, convocada especificamente para este fim, em escrutínio único e proporcional.

Quanto ao número por estado ou base territorial:

§ 1° – O número de representantes eleitos por base territorial não poderá exceder a 4 (quatro) e o representante não poderá acumular esta função com outros cargos ou funções no CNC;

§ 2° – O mandato de cada representante e suplente é de 1 (um) ano;

Da possibilidade de Assembléias Virtuais:

§3° – É facultativo aos cineclubes estaduais para efeito de indicação de representantes de estado ou base territorial a realização de Assembléia Virtual (por meios eletrônicos) convocada especificamente para esse fim, com pauta definida e exclusiva, e que deverá ter a concordância da maioria dos cineclubes estaduais filiados ao CNC.

Da competência:

Art. 21 – Compete ao Conselho de Representantes, que deliberará por maioria absoluta de seus componentes:

a) – Avaliar e fiscalizar a atuação da Diretoria Executiva, formular idéias e dar sugestões, além de apresentar subsídios que sirvam de referência na execução das atividades do CNC;

b) – Receber, analisar e dar parecer sobre o Relatório de Atividades da Diretoria do CNC e sobre o balancete financeiro demonstrativo das despesas e receitas deste;

c) Convocar a Assembléia Geral Extraordinária, em conformidade com o art. 17 dos presentes estatutos;

d) Articular ações e intercambio dentro de suas e demais regiões de forma efetiva a representar as demandas oriundas de todas as frente de sua base;

e) Contribuir para ampliação e fortalecimento do movimento cineclubista;

f) realizar outras atribuições, definidas em Assembléia Geral, não elencadas nos itens anteriores.

g) Agilizar e participar da administração dos trabalhos de organização e desenvolvimento das atividades do CNC em sua base territorial.

Artigo 22 – O Conselho de Representantes se reunirá ordinariamente 1 (uma) vez por ano, sendo um ano na Pré- Jornada Nacional e outro na Jornada Nacional dos Cineclubes.

§ 1o. – O Conselho de Representantes se reunirá extraordinariamente a qualquer tempo, sempre que convocado pela maioria absoluta de seus membros.

§ 2o. O Conselho de Representantes poderá convocar para participar de suas reuniões um ou mais membros da Diretoria Executiva, bem como representantes de qualquer cineclube associado.

§3o. Por ocasião das reuniões do Conselho de Representantes os delegados presentes escolherão entre sí um presidente e um secretário para dirigirem os trabalhos.

A eleição do Conselho de Representantes e a campanha de filiação  e refiliação compõe um amplo movimento de mobilização nacional de demonstração de força da prática cineclubista em suas diversas experiências, formas, formatos e visões cineclubistas que se unificam na luta pela defesa dos direitos do público!

Saudações Cineclubistas

Gilvan Veiga Dockhorn
Secretário Geral CNC
secretariageral.2010@cineclubes.org.br
(55) 3244 1384
Skype: gilvancnc

Obrigado por acessar o Nação Cineclube. Entraremos em contato.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s