Nota oficial do CNC sobre a Censura da exibição de filme pela Assembléia Legislativa do Acre

SOBRE A CENSURA DA EXIBIÇÃO DO CURTA “EU NÃO QUERO VOLTAR SOZINHO” DE DANIEL RIBEIRO NA ESCOLA ARMANDO NOGUEIRA EM RIO BRANCO E POSIÇÃO ADOTADA PELA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO ACRE

O CNC – Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros, representando mais de 400 cineclubes distribuídos em todas as regiões do país, manifesta sua indignação frente a censura imposta à exibição do filme “Eu não quero voltar sozinho” (2010), do diretor Daniel Ribeiro, na Escola Armando Nogueira, no Acre e frente a posição assumida pela Assembléia Legislativa do estado do Acre.

Infelizmente, atitudes como essa demonstram que mesmo após 16 anos do encerramento da ditadura civil-militar, o país ainda sofre com práticas autoritárias e atitudes arbitrárias e inconstitucionais que ferem a liberdade de expressão. Causa ainda mais espanto e perplexidade o fato de que atitudes desta natureza encontrem apoio e amparo em instituições que deveriam zelar pela democracia, pelo estado de direito e pelo respeito as normas constitucionais.

Assim repudiamos que os parlamentares acrianos, sem debate aberto censuraram e desqualificaram o valor artístico/cultural do filme de Daniel Ribeiro (produção premiada em festivais de todo o país) desconsiderando a contribuição pedagógica dada pela obra em questões relacionadas ao preconceito, tolerância e acolhimento dos diferentes e das diferenças.

Consideramos que com tal atitude os deputados e deputadas que constituem a Assembléia Legislativa do Acre, além de demonstrar despreparo para o exercício dos cargos para os quais foram eleitos, em nada auxiliam na construção de uma sociedade democrática e justa.

Neste contexto, o CNC – Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros se solidariza e se soma aos realizadores independentes, cineclubistas, artistas, produtores e articuladores das políticas públicas para a cultura do Estado do Acre, na luta pelo respeito à diversidade cultural, pelos direitos de livre manifestação cultural e contra a CENSURA.

Filmes são feitos para serem vistos! NÃO CENSURADOS!

PELO IMEDIATO FIM DA CENSURA E RESTABELECIMENTO DAS GARANTIAS CONSTITUCIONAIS.

PELOS DIREITOS DO PÚBLICO!

NÓS SOMOS O PÚBLICO!

Santa Maria, 4 de junho de 2011

A DIRETORIA

CNC – CONSELHO NACIONAL DE CINECLUBES BRASILEIROS
Gestão Nação Cineclube – 2010/2012

3 comentários sobre “Nota oficial do CNC sobre a Censura da exibição de filme pela Assembléia Legislativa do Acre

  1. Nazaré Gadelha

    Amigos/as
    Parabéns pela iniciativa da nota, li e concordo inteiramente como todo o conteúdo.
    Reforço a idéia de nos manifestarmos inclusive juridicamente contra o que chamo de um atentado ao bom censo, a democracia e ao nosso ordenamento juridico. Abaixo a censura.
    Nazaré Gadelha.

  2. Madge Porto

    Caros/as
    Parabéns pela nota! Temos que reagir a esse fascismo!
    Reforço: Filmes são feitos para serem vistos! NÃO CENSURADOS!
    Att,
    Madge Porto

Obrigado por acessar o Nação Cineclube. Entraremos em contato.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s