Cine Cabeça leva estudantes ao cinema

Alunos das escolas estaduais  Sargento Camargo, Fernando Motta e Nossa Senhora da Conceição, localizadas nos bairros de Boa Viagem e Pina, trocam hoje a sala de aula por uma sessão de cinema. A atividade dá início ao projeto Cine Cabeça, realizado pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) em parceria com a Secretaria de Educação e o projeto Cine Escola tem o objetivo de criar novas platéias consumidoras de produções cinematográficas e ultrapassar as fronteiras do universo escolar, aliando as temáticas trabalhadas no cinema aos conteúdos vivenciados em sala de aula.

A partir das 9h serão exibidos no Cinema São Luiz o curta-metragem Simião Martiniano, de Clara Angélica, e o longa Uma Onda no Ar, de Helvécio Ratton. As duas produções abrem a primeira temporada do projeto cujas sessões serão realizadas duas vezes por semana, às quartas e quintas-feiras. Excepcionalmente nesta semana, só haverá programação na quarta.

Até o fim do ano, serão três etapas de exibições, formando uma agenda audiovisual fixa para os estudantes.

No curta-metragem de Clara Angélica os estudantes terão a oportunidade de conhecer a vida do dublê de camelô e cineasta autodidata alagoano, Simião Martiniano. Já em Uma Onda no Ar, coloca-se em discussão a polêmica sobre o papel das rádios piratas nas comunidades, tomando como base um caso real de uma rádio de Belo Horizonte (MG).

Os próximos filmes serão escolhidos a partir de um processo de escuta feito com os próprios educadores. Até o mês de novembro, o Cine Cabeça irá beneficiar cerca de 19 mil alunos de 38 escolas da rede estadual de ensino.

A partir do dia 29, terá início outra ação do Cine Cabeça, com o objetivo de fomentar e difundir a prática do cineclubismo. As sessões acontecerão aos sábados e serão mediadas pela Federação Pernambucana de Cineclubes (Fepec), seguindo os moldes das atividades cineclubistas, com exibição de filmes nacionais e realização de debates. O documentário O Rap do Pequeno Príncipe Contra as Almas Sebosas, de Paulo Caldas, vai inaugurar a sessão dos sábados, sempre às 14h e aberta ao público.

O Cine Cabeça integra o Programa Células Culturais, que atua em escolas de 14 comunidades da Região Metropolitana do Recife (RMR), promovendo oficinas culturais e artísticas de diversas linguagens, como cultura popular, dança, teatro e artesanato, para estudantes do nono ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. O foco do programa são instituições localizadas em áreas vítimas de violência urbana ou em situação de risco social, mapeadas pelo Pacto Pela Vida.

Da Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR

Obrigado por acessar o Nação Cineclube. Entraremos em contato.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s